Feliz Natal, Clara!

Feliz Natal, Clara!

Feliz Natal, Clara!

Compartilhe

Feliz Natal, Clara! Seu primeiro Natal... O que dizer a você? Que palavras arranjar-lhe se você arrancou-me a voz ao nascer!? Esvaziou-me o discurso e, ao mesmo tempo, ressignificou tudo!

Não, dessa vez não é clichê atestar a insuficiência das palavras; é preciso parafrasear Drummond para lembrar a poesia que inunda a vida sem poder ser escrita.

Mas, Feliz Natal, Clara!

Que você seja feliz!

Que eu, sua mãe, seus avós, seus tios saibamos criar o mundo ideal para você ser você.

Disseram que eu lhe emprestei os olhos; as mãos são da mãe; mas de Deus é a alma.

Aliás, eu quero falar sobre isso! Ser um bom pai não é apenas fazê-la dormir ou trocar-lhe as fraldas. Preciso achar a medida certa; tenho que apresentar minha alma e deixar que você tenha a sua. Tenho que lhe mostrar Deus e deixar que você O encontre sozinha.

A medida certa... Incentivá-la a sonhar sem obrigá-la a sonhar os meus sonhos.

Por fim, agora, desejo que você seja abençoada pelO Aniversariante, que você possa conhecê-LO, despido das maquiagens e caricaturas da história religiosa; que você O conheça de verdade, como Ele é.

Feliz Natal, Clara!!!

(Adriano Alves – 24-12-2015)

Compartilhe

admin
Prof Adriano